O que é a Parafilia

DESMISTIFICANDO AS PARAFILIAS

A parafilia é uma prática muito mais comum do que se pensa, apesar de poucas pessoas a admitirem ou sufocarem dentro de si.

Segundo o Wikipedia, parafilia é:

Parafilia (do grego παρά, para, “fora de”,e φιλία, philia, “amor”) é um padrão de comportamento sexual no qual, em geral, a fonte predominante de prazer não se encontra na cópula, mas em alguma outra atividade. São considerados também parafilias os padrões de comportamento em que o desvio se dá não no ato, mas no objeto do desejo sexual, ou seja, no tipo de parceiro, como, por exemplo, a efebofilia. [1]

Em determinadas situações, o comportamento sexual parafílico pode ser considerado perversão ou anormalidade.

As parafilias podem ser consideradas inofensivas e, de acordo com algumas teorias psicológicas, são parte integral da psiquê normal — salvo quando estão dirigidas a um objeto potencialmente perigoso, danoso para o sujeito ou para outros (trazendo prejuízos para a saúde ou segurança, por exemplo), ou quando impedem o funcionamento sexual normal, sendo classificadas como distorções da preferência sexual na CID-10 na classe F65.[2]

As considerações com respeito ao comportamento considerado parafílico dependem em um grau muito elevado das convenções sociais reinantes em um momento e lugar determinados; certas práticas, como a homossexualidade ou até mesmo o sexo oral, o sexo anal e a masturbação foram consideradas parafílicas em seu momento, embora agora sejam consideradas variações normais e aceitáveis do comportamento sexual.

Entretanto, há quem considere que o excesso na masturbação após a adolescência ou o fato de alguém preferir sempre esta prática do que o contato com outro indivíduo venha configurar-se uma parafilia.

Por outro lado, o próprio conceito de parafilia tende a ser revisto já que na atualidade a ciência tem ampliado cada vez mais as variações aceitáveis do comportamento sexual, mas sem que os valores novos tenham aprovado algumas condutas ainda que acompanhadas da cópula vaginal, como é o caso das relações sexuais com crianças.

Sendo assim, é impossível elaborar um catálogo definitivo das parafilias; as definições mais usuais listam comportamentos como o sadismo, o masoquismo, o exibicionismo, o voyeurismo ou o fetichismo.

Existem grandes diferenças entre ela se tornar algo prejudicial ou nocivo, e entre ser utilizada para fortalecer a relação e incrementar o momento do ato sexual, evidentemente que os absurdos, que podem ferir, denegrir, ou mesmo manipular indivíduos precisam sim de um olhar atento.

Um exemplo saudável de parafilia é o fetichsimo,  que é muito comum, e pode sim ajudar você a diminuir a ansiedade causada pelo problema da ejaculação precoce, pois o clima descontraído vai auxiliar a prolongar a vontade de gozar.

E se isso, a ejaculação rápida esta incomodando você, >>>>clique aqui<<<< e confira a melhor alternativa para resolver a ejaculação precoce.

A proposta do artigo de hoje é dizer a você que algumas práticas são normais e não são consideradas transtornos, mas veja bem, as parafilias não podem e não devem ser o único estimulante sexual ou mesmo a única forma de se chegar ao orgasmo, na verdade são variáveis da vida sexual.

Baixe Grátis seu Ebook " Dê Prazer a Sua Parceira"

Insira o seu endereço de email abaixo para receber grátis o seu ebook!

Algumas situações da parafilia consideradas comuns

  • Fetichismo

Talvez a mais comum de todas, pois é quando os meios que despertam o interesse sexual costumam ser calcinhas, soutiens, meias, sapatos, botas ou outras peças do vestuário feminino.

Um homem fetichista gosta que a parceira usa determinados objetos ou roupas que estimulam a masturbação, em outras vezes podem ser partes do corpo, como tem pessoas que gostam mais de pés e mãos ao invés de seis e vagina.

  • Hifefilia

É quando a pessoa fica excitada quando sente o toque de materiais no seu corpo, como por exemplo, o couro, pelo e tipos de tecido, bem característico nas fantasias glamorosas.

  • Misofilia

parafilia-evitar-ejaculacao-precoce

Um pouco mais audaciosa, consiste em cheirar, mastigar ou realizar outra ação com roupas sujas, suadas ou até mesmo com artigos de higiene menstrual é assim ficam muito excitados.

  • Olfatofilia

Essa parafilia é bastante comum, inclusive entre homens e mulheres, pois é a excitação a partir de odores das diferentes partes do corpo, principalmente os órgãos genitais.

  • Zoofilia

Sexo com animais ou assistir o ato é o que dá prazer ao praticante da zoofilia. Há muitos relatos desta prática, principalmente em regiões rurais, que tende a desaparecer quando a pessoa inicia um relacionamento com humanos.

  • Normofilia

Pode parecer estranho, mas até mesmo que concorda com tudo, age extremamente dentro das normas, concorda plenamente com todos os padrões sociais e religiosos, também pode ser considerado um parafílico.

Existe outra circunstância que incrementa o sexo, como o jogo sadomasoquista.

parafilia-evitar-ejaculacao-precoce

O sadomasoquismo deve cumprir as regras.

A forma de dominação e submissão é divertida para deixar mais picante o sexo, porém há regras que não devem ser quebradas, principalmente em relação ao teor de violência.

Sempre deve prevalecer a confiança, o respeito e também amor entre o casal.

A prática deve ser prazerosa para ambos, sempre que a dor incomodar ou algo não está confortável é o momento de parar.

Lembramos a você que a lista é extensa e de fato, existem situações complexas e que necessitam até mesmo a interferência médica dos portadores dos transtornos parafílicos, como a pedofilia, que é inaceitável.

Se você tem algum tipo de prazer com qualquer das parafilias acima, mas se senti frustrado devido a ocorrência da ejaculação precoce, clique no link abaixo e descubra como evitar a ejaculação precoce.

EU QUERO CURAR A MINHA EJACULAÇÃO PRECOCE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *